Estádio, Desenho Urbano

Cidadela Esportiva

Localização: Turin, Itália – 2019

Status: Concurso

Arquiteto(s): Bruno Firmino; Múcio Jucá; Renato Leão

Fotos: Renato Leão

Sobre o projeto:

Projeto premiado do YAC 2019 _ Turin Sport Citadel.

A intervenção proposta busca estabelecer valores de identidade urbana através de uma série de equipamentos esportivos que se inserem no contexto como protagonistas, como pontos de interesse, desta vez hibridizados, misturados com outros usos e, portanto, a vida urbana da Cidadela. A abordagem procura sobrepor as três disciplinas espaciais – arquitetura, urbanismo e paisagismo – através da criação de topografias artificiais, esculpindo uma nova paisagem urbana em Turim. O projeto traz um cenário de multiplicidade de usos e atividades que serão incorporados à rotina dos cidadãos, reconstruindo identidades coletivas. A cidade recupera seu princípio de articulação, integração e condensação das atividades urbanas, pautadas por equipamentos esportivos como marcos urbanos, como referências. Para atingir os objetivos de uma nova cidade, foi proposta uma estratégia baseada na ideia de blocos híbridos, com usos sobrepostos. Uma rede de espaços públicos peatonais e contínuos, edifícios de uso misto, áreas verdes intensas, espaços públicos generosos foram criados; promovendo pontos de encontro e lugares de sociabilidade. Ideias que apontam para uma percepção mais ampla da tridimensionalidade dos espaços, com uma estratégia territorial que gera novas urbanidades, novas geografias e uma nova centralidade.

Blocos híbridos

Ao contrário dos parques olímpicos tradicionais, que são baseados na típica separação modernista de funções, o conceito aqui é sobrepor todas as diferentes funções e tipologias em cada bloco. Os moradores viverão em um bloco que abriga não apenas atividades comerciais e de serviço, mas também quadras, piscinas ou outras instalações esportivas. Cada unidade residencial será visualmente ligado às ruas da cidade, mas também para o pátio interior do bloco, assim, para algumas instalações desportivas.

Continuidade espacial e agricultura urbana

O conceito de continuidade espacial também é enfatizado pelo telhado dos blocos híbridos, com base no conceito de topografia artificial. Isso criará oportunidades para o pedestre circular no topo dos edifícios / blocos, que também oferecerão excelentes vistas para a paisagem circundante e os Alpes no horizonte. Além de cada um desses blocos, propomos campos agrícolas e plantação para a produção de frutas e hortaliças para os moradores e pelos moradores, promovendo assim a sustentabilidade por meio da ação. O telhado também será usado para a produção de energia através da instalação de cerca de 4000m² de painéis solares, que gerarão energia suficiente para aproximadamente 200 unidades residenciais.

Rede pedonal e cicloviária

O projeto proporciona uma ampla rede de espaços públicos e peatonais, garantindo assim a socialização, saúde, urbanidade e a apreensão da paisagem. Para isso, foram criadas duas avenidas que cortam a área de intervenção conectando seus extremos e definindo os blocos de uso híbrido. Estas avenidas são atravessadas por uma rede de ciclovias de serviço que permeia toda a área de intervenção e se expande para as bordas do parque e do entorno urbano. A proposta busca expandir a rede de bicicletas que atravessa o distrito de Mappano para o local da Cidadela do Esporte e além, para o leste até Fornacino e para o oeste até Borgaro Torinese, promovendo melhores opções de mobilidade tanto para os atletas residentes, mas também para os moradores locais da região.

Protagonismo Feminino e Futebol

A proposta baseia-se no entendimento de que a Cidadela Esportiva de Turim também é uma oportunidade para o futebol feminino, ou mais precisamente, para um local para as equipes profissionais da Juventus e da Torino. Propomos um estádio com capacidade para 20 mil espectadores para ser compartilhado pelos clubes, trazendo a oportunidade de desenvolver e expandir o futebol feminino local através de instalações apropriadas e contemporâneas, seguindo os padrões internacionais de requisitos técnicos. O telhado do estádio foi projetado como um declive que deve ser usado como o parque público da Cidadela do Esporte, criando oportunidades para diferentes atividades de lazer para os moradores, de acordo com os períodos do ano. O estádio está localizado perto da estrada principal que liga Turim e o aeroporto, garantindo assim fácil acesso a qualquer sistema de transporte público futuro, mas também a um estacionamento subterrâneo para alguns veículos 4k. A proposta também inclui uma estação de ônibus que deve ser usada especialmente durante os dias de jogo. Património e experiência histórica. A ruína localizada dentro do local deve ser restaurada e convertida em um edifício educacional esportivo, conforme necessário, para que a memória local seja mantida, mas também experimentada pelos alunos e atletas.

Rugby e atletismo (atletismo)

A proposta contempla igualmente a oportunidade de promover o maior número possível de actividades desportivas dentro dos limites da cidadela. Ao localizar o campo de rugby e atletismo (atletismo) no local localizado ao longo da Via Rivarolo, buscamos promover a livre circulação de atletas e moradores do bairro. A proposta é criar a estrutura adequada seguindo os requisitos técnicos para as atividades de rugby e atletismo, e também estandes cobertos adjacentes para cerca de 1000 espectadores para cada atividade, que também podem realizar eventos ao mesmo tempo. Cerca de 40% do local também será destinado ao reflorestamento, como um continuum do Parco Unione Europea existente.

 

Scroll to Top

Entre Em Contato

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.